Quase lá! Promessa do UFC mostra evolução de corte no rosto

Yair Rodriguez agora já consegue abrir o olho – Montagem/Ag. Fight

Quem teve a oportunidade de assistir o UFC 211, disputado no último sábado (13), em Dallas (EUA), pode ter ficado impressionado com o rosto de Yair Rodriguez ao final do seu confronto com Frankie Edgar. O duelo não chegou ao terceiro round exatamente porque o médico do evento interrompeu a peleja por julgar o ferimento no olho do mexicano grave demais para dar prosseguimento.

O olho esquerdo do atleta de 24 anos ficou praticamente fechado por conta dos golpes aplicados pelo ex-campeão dos leves (70 kg). E, apenas três dias depois, Rodriguez utilizou a sua conta no Instagram para atualizar os fãs sobre a sua recuperação.

“E assim vai a recuperação. Agora posso abrir o olho e vamos em bom ritmo para a desinflamação. Hoje fui à academia apenas para me mover um pouco, soltar os músculos e me preparar para o que vem a seguir”, escreveu o mexicano na legenda da foto.

Foi apenas a segunda derrota na carreira de Yair Rodriguez, que também conta com dez vitórias. Muito mais experiente, Edgar chegou ao seu 22º triunfo em um cartel que também conta com cinco derrotas e um empate.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em

Prêmio de consolação - Como Conor perdeu para Nate Diaz no primeiro duelo, o que tornou a revanche praticamente inevitável, Aldo foi escalado para enfrentar Frankie Edgar pelo cinturão interino (?!) da categoria dos penas. Algo que,se não resovolveu, ao menos acalmou os ânimos do atleta - Diego Ribas
Dominick Cruz já enfrentou três atletas da Team Alpha Male- e sem pensar duas convocou todo o time para uma briga ao chamá-los de 'Alpha Fail', algo como time das falhas. Sempre lutando contra contusões, o americano voltou ao octógono e retomou o cinturão dos galos (61 kg). Ou seja, podem esperar mais polêmicas - Jéssica Portasio
Khabib recentemente se envolvolveu em polêmicas com Ferguson e McGgregor - Diego Ribas
A temporada 2016 começou com tudo e, ao que tudo indica, muitas categorias serão balançadas com a chegada de novos grandes nomes. E, por isso, vale a pena ficar de olho em atletas que, embora não conhecidos pelo grande público, dão o que falar quando o octógono fecha. A começar por Raphael Assunção, peso-galo (61 kg) que só não disputou o cinturão da categoria por uma série de lesões que o tirou de jogo seguidas vezes. Mas caso os rumores se confirmem e ele encare o ex-campeão TJ Dillashaw, é questão de pouco tempo para ele disputar o posto de melhor do mundo – Divulgação/UFC
UFC - Uma bela possibilidade para eles é adotar o Vitor Belfort é mais um veterano em ação neste sábado. Diante de Ronaldo 'Jacaré', no único duelo entre brasileiros da noite, o "fenômeno' terá que colocar todo seu arsenal em jogo. boxe em linha reta, velocidade e explosão (principalmente nos minutos iniciais), chutes altos e quedas precisas... Diego Ribas
Cain Velasquez derrotou Travis Browne no UFC 200 - Evelyn Rodrigues
Por fim, vale lembrar do carismático Serginho Moraes, sempre alegre e brincalhão. Com o sorriso como grande característica, o brasileiro é sinônimo de bom humor no UFC - Diego Ribas
La primera mujer campeona del TUF, Julianna Peña fue detenida el año pasado después de estar involucrada en una pelea callejera frente a un bar en la que habría noqueado al seguridad del sitio - Divulgación / UFC
Rashad Evans já foi campeão invicto do UFC. No entanto, conforme os anos passaram e sua resistência diminuiu, o ritmo dos treinos parece ter ficado mais árduo do que o wrestler pode aguentar – Divulgação/UFC
Stefan Struve é o peso-pesado mais jovem entre os tops do ranking do UFC. E, de onde menos se esperava, veio a maior surpresa. Ao ser diagnosticado com uma doença rara no coração, o gigante de 2,17m ficou mais de um ano longe do cage até encontrar tratamento adequado e poder retornar ao MMA - Erik Engelhart

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *