Pantoja aposenta irlandês com finalização e salva Brasil no UFC Glasgow

O Brasil tem uma boa e uma má notícia após a realização do card preliminar do UFC Glasgow, ocorrido neste domingo (16), na cidade escocesa. Alexandre Pantoja deixou o octógono com o braço erguido e mais uma vitória para o seu cartel, enquanto que Amanda Lemos não teve a mesma sorte e perdeu em sua estreia no maior evento de MMA do mundo.

Em duelo válido pela divisão dos moscas (57 kg), Pantoja encarou o irlandês Neil Seery e venceu por finalização no terceiro round. “Esse cara é uma lenda. É uma honra pegar esse cara que é um lutador de verdade”, disse o brasileiro ainda dentro do octógono, agradecendo o oponente que anunciou aposentadoria após a luta.

Fazendo apenas a sua segunda luta pelo UFC, o atleta de Arraial do Cabo começou bem o combate e encaixou os melhores golpes no primeiro assalto, inclusive conseguindo uma queda que praticamente garantiu a parcial para ele.

No assalto seguinte, Pantoja começou muito bem na prática do clinche do muay thai, no entanto, o brasileiro aceitou a trocação franca da metade para o fim da parcial e deu chances ao irlandês. Mas no último round o atleta de 27 anos foi muito inteligente ao conseguir uma queda logo nos segundos iniciais, trabalhar o jiu-jitsu, pegar as costas do rival e finalizar no mata-leão.

Segundo triunfo de Alexandre Pantoja pelo Ultimate e 18ª vitória de sua carreira, que também conta com duas derrotas. Por outro lado, Neil Seery anunciou que irá se aposentar do MMA. O irlandês tem 37 anos e um cartel de 16 vitórias e 12 derrotas.

Estreia amarga

Amanda Lemos não estreou com o pé direito no maior torneio de MMA do mundo. Ex-campeã do Jungle Fight, a brasileira foi batida pela experiente Leslie Smith no duelo que abriu o card do UFC Glasgow, perdendo assim a sua invencibilidade na carreira.

Melhor na trocação e com uma postura ousada com a guarda baixa em diversos momentos, Amanda começou melhor o confronto e até levou certa vantagem no primeiro round. No entanto, o gás da paraense parece ter acabado por completo na segunda parcial e ela voltou extremamente cansada. Aproveitando a falta de preparo da rival, Leslie Smith apertou o ritmo e obrigou o árbitro central a parar o duelo e declarar a americana campeã por nocaute técnico.

Foi a primeira derrota de Amanda Lemos na carreira. A peso-galo (61 kg) braileira acumulava seis vitórias e um empate até a sua estreia no Ultimate.

Card Preliminar

Alexandre Pantoja venceu Neil Seery por finalização (mata-leão) no terceiro round;
Galore Bofando venceu Charlie Ward por nocaute no primeiro round;
Danny Henry venceu Daniel Teymur por decisão unânime dos juízes laterais;
Brett Johns venceu Albert Morales por decisão unânime dos juízes laterais;
Leslie Smith venceu Amanda Lemos por nocaute técnico no segundo round.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *