Não colou! Jon Jones tenta limpar sua barra com personagem bom moço

Jon Jones ficou muito tempo afastado das redes sociais - Reprodução/ site UFC

Jon Jones ficou muito tempo afastado das redes sociais – Reprodução/ site UFC

Não sou amigo do Jon Jones e posso apostar que você que está lendo este texto também não está na lista dos melhores amigos do ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) do UFC. Por não ser amigo ou conhecer a fundo um dos maiores lutadores da história do MMA, a minha visão sobre ele acaba se restringindo a aquilo que ele quer passar para o público de uma forma geral, certo?

Pois bem, redes sociais, notícias, entrevistas, forma de lutar e aparições em geral me fizeram ter uma imagem de Jon ‘Bones’ Jones. Para mim, o lutador que teve seu cinturão cassado após provocar um acidente com vítima nos Estados Unidos e fugir do local sem prestar socorro sempre foi um cara divertido, que levava a vida numa boa, gostava da pose de campeão e respeitava bastante os seus ídolos – como Anderson Silva. No entanto, nunca tive uma visão do americano sendo um “bom moço”, como costumamos dizer.

Por exemplo, na última vez em que esteve no Brasil, em dezembro de 2014, o ex-campeão mostrou que era “gente como a gente”. Ele até participou de um pagode em Porto Alegre e postou em suas redes sociais vídeos que mostravam ele se divertindo normalmente.

Não que tenha relevância, mas o que eu acho disso? Eu achei maravilhoso! Desta forma, ele se aproxima do fã, que passa a vê-lo como alguém mais humano e que faz coisas do cotidiano, como curtir uma noite com amigos. Mas tudo isso pode pegar muito mal quando você se envolve em polêmicas maiores.

Também nas redes sociais, Jones frequentemente postava vídeos dele brincando com seus animais domésticos, cantando, fazendo graça com amigos e até atirando com arma de fogo – o que é permitido nos EUA e é bem polêmico no Brasil. Afinal, ele é “gente como a gente” e faz coisas que nem todos aprovam. Mas tudo isso pode pegar muito mal quando você se envolve em polêmicas maiores [2].

E foi o que aconteceu com o maior lutador da história dos meio-pesados do MMA. Sua vida mudou de cabeça para baixo após o envolvimento no acidente e a cassação do seu título em abril deste ano. Para se ter uma ideia, assim que toda a confusão veio à tona, Bones ficou 23 semanas sem publicar absolutamente nada em seu Instagram – que antes chegava a receber até três vídeos diários. Sua retomada só veio cerca de duas semanas atrás – que não coincidentemente veio de encontro ao resultado do seu julgamento – e de uma forma completamente diferente daquela que eu conhecia o meu velho amigo Jãozão.

Desde que retomou as redes sociais, Jones postou cinco vídeos dele puxando ferro exaustivamente, sete imagens e vídeos dele dando conselhos ou simplesmente sendo tietado por crianças e uma foto com amigos – em que ele aparece ao lado de uma xícara de café. Em todas as ocasiões em que não estava se exercitando, o ex-campeão aparece bem vestido, com camisa e calça. E os vídeos que poderiam gerar polêmicas, como os que comentava a vitória do rival Daniel Cormier, foram rapidamente deletados. Um verdadeiro bom moço. Um mentiroso Jon Jones.

Sabemos que esse não é o verdadeiro Jon ‘Bones’ Jones que nós todos conhecemos como poucos – e não conhecemos nada. Mas também sabemos que faz parte de um processo de dar uma resposta para a sociedade, mostrando que aprendeu com o erro gravíssimo que cometeu. O ex-campeão tinha que dar essa reposta. Afinal, até mesmo judicialmente foi condenado a conceder palestras para jovens como forma da punição pelo incidente que provocou. Só espero que a essência do Jãozão não tenha se perdido. Passe esse período sabático da melhor forma possível, Jon, mas volte a curtir um pagode com os amigos e brilhar no octógono. Estamos te esperando!!!

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *