Jimi Manuwa condena Jon Jones: “Manchou sua carreira”

Jimi Manuwa - Ag Fight

Jimi Manuwa é o atual quarto colocado no ranking dos meio-pesados – Florian Sädler

Jimi Manuwa tem motivos de sobra para celebrar. Depois de nocautear Corey Anderson e garantir o prêmio bônus de performance da noite, o veterano inglês de 37 anos se apresentou como um dos próximos nomes da fila pelo cinturão dos meio-pesados (93 kg) do UFC. E com isso em mente, o britânico se adiantou em afastar qualquer interesse em enfrentar Jon Jones.

A declaração, um tanto quanto curiosa e agressiva, foi feita ainda na coletiva de imprensa realizada após o card do último sábado (18), em Londres. Ileso após o duelo principal da noite, Jimi afirmou em alto e bom som que o ex-campeão – que cumpre pena de um ano por um flagra em exame antidoping – manchou sua carreira.

“Não estou interessado no Jon Jones. Ele usa esteroides e agora ele foi punido por isso. Antes, eu era um grande fã do Jon Jones, das coisas que ele tinha feito no octógono e tudo mais. Mas ele foi suspenso por um ano e ele teve problemas antes. Ele é um grande lutador. Eu respeito ele, mas como ele foi pego no doping, isso mancha tudo o que ele fez. Então, não estou interessado. Quando ele voltar, luto com ele, sem problemas. Mas estou focado no cinturão agora”, narrou.

Com 17 vitórias e apenas duas derrotas na carreira, Manuwa, que deixou apenas um de seus combates chegar à decisão dos jurados, ocupa a quarta colocação do ranking de sua divisão, atrás apenas de Glover Teixeira, Alexander Gustafsson, Anthony Johnson e do campeão Daniel Cormier.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *