Top 10! Veja lista de possíveis rivais de Anderson Silva no UFC Rio

Com o anúncio de que Kelvin Gastellum foi flagrado no exame antidoping e deixou o card do UFC Rio, evento que será realizado em junho, Anderson Silva ficou temporariamente sem adversário. Alguns nomes foram ventilados pela mídia e outros tomaram a iniciativa de se oferecer para enfrentar o 'Spider' em seu país natal. E em meio a toda indefinição sobre o futuro do brasileiro, a Ag. Fight mostra dez possíveis substitutos que podem vir a enfrentar o ex-campeão dos médios (84 kg) do Ultimate no Rio de Janeiro. Confira! - Gabriel Monteiro
Um dos principais candidatos para ocupar o lugar de Gastellum é justamente Vitor Belfort, último adversário do americano. O brasileiro possui apenas mais uma luta em seu contrato com o UFC e teria a oportunidade de lucrar financeiramente em seu combate de despedida. Pesa também o fato de os dois já terem se enfrentado, o que daria ao duelo o status de uma das revanches mais aguardadas do MMA - Florian Sädler
Apesar de sequer figurar entre os dez melhores atletas do ranking peso-médio do UFC, Uriah Hall possui um estilo de luta plástico parecido com o de Anderson Silva. E justamente por isso, pelo menos a princípio, ocasionaria em um combate que empolgaria os fãs brasileiros. Curiosamente, eles quase se enfrentaram em maio de 2016, mas o duelo acabou cancelado porque o Spider precisou fazer uma cirurgia de última hora na vesícula - Reprodução
Atual segundo colocado na divisão dos médios, Yoel Romero se ofereceu para enfrentar o brasileiro no Rio de Janeiro. No entanto, o cubano tem uma condição para fazer o combate sair do papel: a de que o duelo seja válido pelo cinturão interino. Será que Dana White concordará? - Diego Ribas
Outra pedreira que também se ofereceu para medir forças contra o brasileiro é Luke Rockhold, ex-campeão dos médios do UFC. Apesar de vir de derrota, o americano é um dos principais nomes da divisão - Florian Sädler
Ex-campeão dos meio-pesados (93 kg), Rashad Evans não vive a melhor fase de sua carreira e acumula três derrotas consecutivas. No entanto, nem mesmo o retrospecto recente fez com que o americano deixasse de se oferecer para enfrentar o brasileiro. Os dois possuem uma legião de fãs, o que garantia sucesso com as vendas de pay-per-view (pacotes de transmissão da TV fechada) - Diego Ribas
Tim Kennedy está aposentado, mas nada impede que ele interrompa seu recesso, iniciado quatro meses atrás, e retorne à atividade. Um confronto entre os dois seria um grande show para o Ultimate e consequentemente para os fãs de todo mundo - Florian Sädler
Ex-campeão do Dream e do Strikeforce, Gegard Mousasi acumula cinco vitórias consecutivas no Ultimate e se destaca como um dos potenciais desafiante ao cinturão. E pensando em se credenciar de fato como um dos três melhores atletas de sua categoria, nada melhor do que enfrentar o maior peso-médio da história. Concordam? - Florian Sädler
Outro que também poderia atrair bastante atenção para um possível duelo contra Spider seria Chris Weidman, já que o combate ganharia o status de trilogia. A luta daria ao brasileiro a chance de vingar as duas derrotas que lhe custaram o cinturão dos médios em 2013 - Diego Ribas
Um dos nomes que também aparece na lista é o de Johnny Hendricks, ex-campeão meio-médio (77 kg) do UFC. O americano mal chegou à categoria e já conquistou sua primeira vitória, além de também ser querido pelo grande público. Pesa a favor do brasileiro a diferença de envergadura - Diego Ribas
Fechando a lista temos Tim Boetsch, atleta que vem de derrota para Ronaldo 'Jacaré', parceiro de treinos de Anderson Silva na academia X-Gym. Um combate contra Spider seria sua chance de vingar a derrota e o recolocar no caminho das vitórias - Reprodução

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *