‘Queridinhos’! Confira as grandes apostas do UFC nos últimos tempos

No último sábado (2), Francis Ngannou nocauteou Alistair Overeem, anotou mais uma vitória no Ultimate e deixou ainda mais claro que não está de brincadeira. Contratado pela companhia em 2015, o camaronês venceu todos os seis combates que fez na organização sem precisar das papeletas dos juízes laterais e, atualmente, é o peso-pesado em maior ascenção e uma das grandes apostas do maior torneio de MMA do planeta. Confira outros atletas que também criaram grandes expectativas no esporte - Diego Ribas
Possivelmente uma das maiores apostas da história da companhia, Ronda Rousey permaneceu durante muitos anos sendo a principal face das mulheres no MMA. A americana foi campeã peso-galo (61 kg) do UFC por mais de três anos - Diego Ribas
Primeiro e único atleta da história a ostentar dois cinturões de duas categoria diferentes no UFC, Conor McGregor recebeu inúmeras regalias do Ultimate. Mesmo quando o irlandês quis enfrentar Floyd Mayweather Jr. em uma superluta de boxe ele contou com o apoio do Ultimate - Diego Ribas
Descoberto por Dana White durante o reality show 'Dana White: Looking For A Fight' - programa onde o presidente do UFC percorre diversas cidades procurando por jovens talentos - Sage Northcutt fez sua estreia no Ultimate com apenas 19 anos de idade em 2015. O americano ainda é visto como uma das grandes promessas do MMA - Diego Ribas
Contratada pelo UFC em 2014, Paige VanZant pode ser considerada uma das 'queridinhas' da companhia. Com sua beleza e simpatia, a jovem de 23 anos conquistou o carinho dos fãs e já chegou a liderar card da organização mesmo com pouca experiência - Florian Sädler
Invicto na carreira até o último dia4 de novembro, Cody Garbrandt impressionou os fãs e a companhia com os seus nocautes devastadores. Com menos de dois anos no UFC, 'No Love' conquistou o cinturão peso-galo (61 kg) - Diego Ribas
Com cinco defesas consecutivas de cinturão, Joanna Jedrzejczyk é a maior atleta da divisão peso-palha (52 kg) do Ultimate. Aos 30 anos de idade, a polonesa venceu 14 lutas seguidas até sofrer a primeira derrota da carreira no último dia 4 de novembro - Diego Ribas
Contratada pelo UFC em 2016, Alexa Grasso é uma das grandes apostas latino-americanas do evento. Com apenas 24 anos de idade, a mexicana perdeu apenas uma luta na carreira - Reprodução/Facebook
Medalhista Olímpico nos Jogos de Pequim em 2008, Henry Cejudo chegou no UFC cercado de expectativa. Até o momento, o americano sofreu apenas duas derrotas desde que chegou ao Ultimate - Diego Ribas
Paulo 'Borrachinha' chegou no Ultimate desconhecido. Mas, devido aos seus nocautes devastadores, o brasileiro já se encontra em outro patamar na divisão dos médios (84 kg). Na sua última luta, o atleta nocauteou o ex-campeão meio-médio (77 kg) Johny Hendricks - Diego Ribas

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *