Com a mesma lesão, Amanda Nunes e ‘Jacaré’ lideram ganchos médicos do UFC Rio

Amanda Nunes lesionou o pé durante a luta principal do UFC 224 – Leandro Bernardes/ Ag Fight

No UFC 224 – evento realizado nesse sábado (12), no Rio de Janeiro –, Amanda Nunes e Ronaldo ‘Jacaré’ deixaram o octógono em situações bem diferentes. Enquanto a ‘Leoa’ manteve o cinturão da categoria peso-galo (61 kg) após nocautear Raquel Pennington na luta principal da noite, o peso-médio (84 kg) foi derrotado por decisão dividida dos juízes laterais por Kelvin Gastelum e se afastou de uma possível disputa de título. No entanto, após o show, o estado dos brasileiros foi praticamente o mesmo, de acordo com a Comissão Atlética Brasileira de MMA.

Dentro do octógono, a realidade dos atletas foi diferente: Amanda dominou todo o confronto e tornou a sua vitória incontestável, e Jacaré passou por momentos de dificuldade contra o americano. Mas após os seus respectivos combates, os lutadores machucaram o pé direito e precisarão de uma avaliação médica antes de poderem voltar a treinar. Além disso, a recomendação da Comissão Atlética é a de que eles fiquem afastados pelo período de seis meses, sendo assim os únicos a receberem tal gancho médico neste evento.

Nem mesmo Raquel Pennington, que teve dificuldades durante o duelo e pediu que o seu corner a deixasse desistir durante o intervalo do quarto para o quinto round, precisará ficar tanto tempo fora. Na lista divulgada, a ex-desafiante da Leoa recebeu a suspensão de 60 dias, mas precisará ser avaliada por um cirurgião para determinar a gravidade das lesões do rosto da americana. Com um bom resultado no Rio de Janeiro, a maior parte dos brasileiros que participarão do evento não poderão subir ao octógono novamente depois de 14 dias.

Confira a lista de ganchos médicos completa abaixo:

Amanda Nunes: suspensa por 180 dias, precisa de raio-x no pé direito. Em caso de liberação médica, 30 dias sem confronto e 21 dias sem contato

Ronaldo ‘Jacaré’: suspenso por 180 dias, precisa de raio-x no pé direito. Em caso de liberação médica, 30 dias sem confronto e 21 dias sem contato

Raquel Pennington: suspensa por 60 dias sem confronto, 45 dias sem contato e depende da liberação de um cirurgião maxilofacial

Brian Kelleher: suspenso por 60 dias, 45 dias sem contato

Vitor Belfort: suspenso por 60 dias, 45 dias sem contato

Sean Strickland: suspenso por 60 dias, 45 dias sem contato

Sultan Aliev: suspenso por 60 dias, 45 dias sem contato e depende da liberação de um cirurgião maxilofacial

Thales Leites: suspenso por 45 dias, 30 dias sem contato

Alberto Mina: suspenso por 45 dias, 30 dias sem contato

Kelvin Gastelum: suspenso por 30 dias, 21 dias sem contato

Aleksei Oleinik: suspenso por 30 dias, 21 dias sem contato

Mackenzie Dern: suspensa por 14 dias, 7 dias sem contato

Amanda Cooper: suspensa por 14 dias, 7 dias sem contato

John Lineker: suspenso por 14 dias, 7 dias sem contato

Lyoto Machida: suspenso por 14 dias, 7 dias sem contato

Cézar ‘Mutante’: suspenso por 14 dias, 7 dias sem contato

Karl Roberson: suspenso por 14 dias, 7 dias sem contato

Júnior Albini: suspenso por 14 dias, 7 dias sem contato

Davi Ramos: suspenso por 14 dias, 7 dias sem contato

Nick Hein: suspenso por 14 dias, 7 dias sem contato

Elizeu Zaleski dos Santos: suspenso por 14 dias, 7 dias sem contato

Warlley Alves: suspenso por 14 dias, 7 dias sem contato

Jack Hermansson: suspenso por 14 dias, 7 dias sem contato

Ramazan Emeev: suspenso por 14 dias, 7 dias sem contato

Markus Perez: suspenso por 14 dias, 7 dias sem contato

James Bochnovic: suspenso por 14 dias, 7 dias sem contato

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *