CEO da empresa de Mayweather se rende a McGregor: “Fiquei surpreso”

Leonard Ellerbe é o CEO da empresa ‘Mayweather Promotions’ – Diego Ribas

Conor McGregor saiu derrotado por nocaute técnico da superluta de boxe contra Floyd Mayweather no último sábado (26), mas, ainda assim, o seu bom início de combate e sua performance duradoura chamaram a atenção de alguns atletas das artes marciais mistas. E não foram apenas os colegas de trabalho do campeão peso-leve (70 kg) do Ultimate que se renderam à atuação do irlandês. Até mesmo o diretor executivo da empresa ‘Mayweather Promotions’ admitiu que ‘The Notorious’ tem futuro na nobre arte.

Em entrevista durante a coletiva de imprensa realizada logo após o fim de ‘May x Mac’, Leonard Ellerbe, CEO da companhia do pugilista norte-americano, revelou ter se impressionado com a performance do irlandês e também por ter durado até o décimo round sem sequer ter sofrido um knockdown. O que, na sua opinião, explica o fato de McGregor ser o principal ícone do MMA mundial na atualidade.

“Fiquei realmente surpreso com a habilidade dele em fazer certas coisas. Ele com certeza tem, se assim decidir, um futuro no boxe. Ser capaz de resistir até onde ele resistiu é somente para os melhores competidores. Ele tem um grande coração e mostrou muito, especialmente se tratando de sua estreia como profissional no boxe”, analisou Ellerbe.

“Acho que ele deixou o UFC orgulhoso, deixou seu país orgulho e deve definitivamente manter sua cabeça erguida. Ele é duro como pedra. Tem um coração grande e entendo o porquê dele ser a maior estrela do UFC e uma das maiores estrelas entre todos os esportes”.

O combate contra Floyd Mayweather no ginásio T-Mobile Arena em Las Vegas (EUA) foi a estreia do irlandês no boxe – justamente contra aquele que é considerado o maior pugilista do século 21. Conor McGregor sai derrotado no décimo round após Robert Byrd, árbitro do combate, interromper a luta assim que o irlandês se demonstrou nitidamente exausto e inativo.

Assunto mais comentado do mundo das lutas nos últimos meses, a disputa de boxe entre Floyd Mayweather e Conor McGregor aconteceu na madrugada deste domingo (27) e terminou com a derrota do irlandês por nocaute técnico no décimo assalto. E, em virtude dos holofotes e da mídia que cercavam o duelo, não demorou até que os atletas de MMA se pronunciassem sobre o show. Por isso, a Ag. Fight te mostra a repercussão da derrota de 'The Notorious' entre os competidores das artes marciais mistas – Diego Ribas
Rival de longa data do irlandês, José Aldo não conteve sua felicidade ao ver seu primeiro algoz no Ultimate sendo nocauteado. Por isso, não perdeu tempo e publicou uma sequência de emojis gargalhando em uma de suas redes sociais, o que não foi bem visto por parte do público - Gabriel Monteiro Torres
Rafael dos Anjos não se limitou apenas a detonar 'The Notorious', como ainda o cobrou por uma dívida de luta: "Conor é um lutador de primeiro round, sem condicionamento físico e coração. Você ainda me deve uma luta! [...] Se você não estiver fugindo do esporte [MMA], ainda temos negócios inacabados para resolver. Você deu sorte que me lesionei, coração de galinha" - Florian Sädler
Único atleta a ter vencido Conor no Ultimate, Nate Diaz foi irônico ao analisar a disputa através de sua conta no Instagram: "As pessoas me perguntavam, e eu só dizia que duraria mais de três rounds", em lembrança à sua vitória conquistada no segundo assalto em março de 2016 – Diego Ribas
Último oponente a ser derrotado pelo irlandês no octógono, Eddie Alvarez reconheceu os pontos positivos do campeão peso-leve (70 kg) do Ultimate: "Tirem seus chapéus para Conor McGregor, durou até o décimo round. Grande show para o mundo do MMA" - Diego Ribas
Recordista de defesas de título no Ultimate ao lado de Anderson Silva, Demetrious Johnson exaltou a performance de Conor: "McGregor fez o que tinha que fazer hoje e representou o esporte de forma maiúscula" - Diego Ribas
Campeã peso-pena (66 kg), a brasileira Cris 'Cyborg' também foi só elogios: "Luta incrível! McGregor é uma lenda. Mayweather é o melhor da nossa era, e Dana White deu aos fãs uma grande luta" - Gabriel Monteiro Torres
Raphael Assunção, peso-galo (61 kg) do Ultimate, foi um pouco mais crítico com a atuação de Conor: "Que baita autopromoção do Conor. Preciso aprender sobre como estar em um duelo daquela magnitude mesmo sem ter as habilidades necessárias" - Diego Ribas
A peso-palha (52 kg) Paige Vanzant exaltou a apresentação do irlandês e garantiu que ele saiu com ainda mais respeito do duelo: "Parabéns pela performance incrível, você fez história. Mantenha sua cabeça levantada, Conor McGregor" - Florian Sädler
"Parabéns ao McGregor pelo que ele mostrou nesta noite contra um dos melhores da história. Ele é um artista marcial e um competidor incrível", escreveu Stephen Thompson, meio-médio (77 kg) do Ultimate, em sua conta no Twitter – Rigel Salazar
Até mesmo Luke Rockhold, ex-campeão dos médios (84 kg) do Ultimate, se rendeu à performance do irlandês: "Dinheiro bem conquistado, McGregor. Respeito" - Florian Sädler
Contudo, teve também quem não tenha se impressionado com a durabilidade do irlandês na luta, como foi o caso de Kevin Lee: "Conor McGregor precisa voltar agora. Vou destruir aquele garoto depois de chutar a bunda do Tony Ferguson" - Felipe Castello Branco

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *