Brasileiros Gleison Tibau e Johnny Eduardo voltam à ativa no UFC Utica, diz site

Gleison Tibau passou dois anos suspenso após falhar exame antidoping – Diego Ribas

Mais dois brasileiros foram acrescentados ao card do UFC Utica, nos Estados Unidos. Programado para o próximo dia 1º de junho, o evento agora contará com a presença do peso-leve (70 Kg) Gleison Tibau, e do peso-galo (61 kg) Johnny Eduardo, de acordo com reportagem do portal ‘Uticaod’.

Gleison Tibau passou dois anos suspenso por falhar exame antidoping em teste realizado após seu combate contra Abel Trujillo, em novembro de 2015. Originalmente uma vitória por finalização para o potiguar, o resultado foi revertido para uma derrota por desqualificação. O peso-leve retornou da suspensão em janeiro de 2018, mas foi nocauteado por Islam Makhachev aos 57 segundos do primeiro round. Em junho, o atleta enfrentará o norte-americano Desmond Green, que vem de derrota para o paraense Michel ‘Trator’ Prazeres.

Longe do octógono desde junho de 2017, Johnny Eduardo foi nocauteado por Matthew Lopez em sua última atuação. O carioca tem o costume de lutar apenas uma vez por ano desde 2014 e agora enfrentará o estreante Nathaniel Wood. O brasileiro não vence um combate desde novembro de 2016, quando nocauteou Manny Gamburyan.

O UFC Utica será liderado por um duelo de pesos-galos entre o brasileiro e ex-campeão do World Series of Fighting (extinta liga de MMA), Marlon Moraes, e o americano Jimmie Rivera. Moraes tentará o terceiro triunfo seguido, enquanto o rival venceu seus últimos 20 confrontos.

4 - diego ribas
Jon Jones foi suspenso por um ano do MMA, e só volta em julho de 2017 - Diego Ribas
Yoel Romero é o primeiro colocado no ranking dos pesos-médios (84 kg) do UFC - Diego Ribas
Diego Brandão foi demitido do UFC após confusão em boate -Diego Ribas
Dada 5000 foi derrotado por Kimbo Slice - Divulgação
Na mesma noite, Royce Gracie venceu Ken Shamrock rapidamente. curiosamente, o americano foi flagrado no exame antidoping realizado na semana da luta - Divulgação
Ainda em fevereiro, foi a vez do americano Tim Means ser flagrafo nos exames da USADA - Reprodução/site UFC
BJ Penn enfrentará Yair Rodriguez no UFC Fight Night 103 - Divulgação/UFC
também em março, Viscardi Andrade foi flagrado nos exames logo após vencer seu último duelo - Eduardo Mitne
No último final de semana Chinzô Machida deu show ao estrear no Bellator com um belo nocaute. Agressivo, o carateca se fez lembrar pela precisão de seus golpes no estilo do irmão Lyoto, ex-campeão do UFC. Por isso, nós da Ag. Fight fizemos uma lista com 15 duplas de irmaõs que já deram o que falar no mundo do MMA - Erik Engelhart
Frank Mir é ex-campeão dos pesos-pesados do UFC - Jéssica Portasio
Também em abril, Islam Makhachev foi flagrado nos exames e retirado de ação -Reprodução
Último brasileiro da lista, Carlos Ferreira foi impedido de lutar em maio ao ser pego no exame realizado fora do período de competição - Diego Ribas
Por fim, o ex-desafiante ao cinturão de José Aldo, Chad Mendes, pegou um gancho de dois anos ao ser em maio

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *