“Barra pesada”, Alex ‘Cowboy’ promete nocautear Yancy Medeiros no UFC 218

Cowboy terá Yancy Medeiros pela frente no UFC 218 – Diego Ribas

O UFC 218 terá em sua luta principal da noite a revanche entre Max Holloway e José Aldo pelo cinturão dos penas (66 kg). Mas o manauara não será o único representante brasileiro no card que acontecerá no dia 2 de dezembro, em Detroit (EUA). Alex ‘Cowboy’ subirá no octógono para encarar Yancy Medeiros na tentativa de avançar algumas casas no ranking dos meio-médios (77 kg).

Atualmente ocupando a 15ª colocação na lista dos melhores de sua categoria, Cowboy encara este confronto como uma grande possibilidade para dar sequência ao bom momento que vive. Apesar de ter pedido ao Ultimate um confronto diante de um atleta ranqueado, o brasileiro pensa apenas em nocautear o americano e seguir sua trajetória de sucesso.

“Sei que ele vai querer trocar porrada comigo e vou explorar isso. Vou mostrar para ele que ele se meteu com um cara muito, muito, muito barra pesada. Ele está enrolado comigo. Eu vou nocautear”, prometeu Cowboy, em conversa exclusiva com a Ag. Fight.

“Tinha pedido um cara ranqueado, mas eles me deram o Medeiros. Não escolho adversário não. O que eles colocarem na minha rede eu vou sair na mão. Sei que depois dessa luta vou subir um pouco mais, para 12º ou 13º (no ranking)”, completou.

De origem bastante humilde, Alex Cowboy não cansa de relembrar as dificuldades que passou até chegar ao maior torneio de MMA do mundo. No Ultimate desde 2015, o atleta de Três Rios (RJ) já parte para a sua 11ª luta e não tem do que reclamar. Em seu último duelo, o brasileiro nocauteou Ryan LaFlare e ainda levou o bônus de performance da noite no valor de 50 mil dólares.

“UFC paga bem e eu mudei a minha vida. Mudei da água para o vinho. Antigamente eu trabalhava de peão e agora eu só treino e luto. Quando vem um bônus a mais então é sempre bem-vindo e a minha molecada gosta. Na última luta que ganhei eu comprei mais alguns bois e uma caminhonete para mim. Quando entrei no UFC não tinha nada. Agora tenho 28 cabeças de boi, três cavalos, um sítio no valor de R$ 700 mil, dois carros… Estou vivendo a minha vida, curtindo bastante e trabalhando”, resumiu.

Derek Brunson nocauteou Lyoto Machida - Leandro Bernardes/Framephoto
O duelo não passou do primeiro round - Leandro Bernardes/Framephoto
Com o resultado, Lyoto perdeu a terceira luta consecutiva - Leandro Bernardes/Framephoto
Por sua vez, Derek alcançou a terceira vitória seguida - Leandro Bernardes/Framephoto
Demian Maia foi derrotado por Colby Covington - Leandro Bernardes/Framephoto
Demian não conseguiu impor o seu jiu-jitsu - Leandro Bernardes/Framephoto
Essa foi a segunda derrota seguia do brasileiro - Leandro Bernardes/Framephoto
Pedro Munhoz venceu Rob Font por finalização - Leandro Bernardes/Framephoto
O brasileiro encaixou uma guilhotina ainda no primeiro round - Leandro Bernardes/Framephoto
Francisco 'Massaranduba' venceu Jim Miller - Leandro Bernardes/Framephoto
O brasileiro voltou a vencer depois de perder em março passado - Leandro Bernardes/Framephoto
Thiago 'Marreta' nocauteou Jack Hermansson - Leandro Bernardes/Framephoto
O duelo não passou do primeiro assalto - Leandro Bernardes/Framephoto
John Lineker venceu Marlon Vera por decisão unânime dos juízes - Leandro Bernardes/Framephoto
O brasileiro voltou a vencer depois de perder sua última luta - Leandro Bernardes/Framephoto
Vicente Luque venceu Niko Price por finalização - Leandro Bernardes/Framephoto
O brasileiro encaixou um triângulo de mão no segundo round - Leandro Bernardes/Framephoto
Antonio'Cara de Sapato' venceu Jack Marshman por finalização - Leandro Bernardes/Framephoto
'Cara de Sapato' encaixou um mata-leão ainda no primeiro round - Leandro Bernardes/Framephoto
José Aldo esteve presente no córner de Hacran Dias - Leandro Bernardes/Framephoto
Hacran foi derrotado por Jared Gordon na decisão dos juízes - Leandro Bernardes/Framephoto
Elizeu 'Capoeira' derrotou Max Griffin por decisão unânime dos juízes - Leandro Bernardes/Framephoto
O duelo entre os atletas rendeu prêmio de 'Luta da Noite' - Leandro Bernardes/Framephoto
Deiveson Alcantara derrotou Jarred Brooks por decisão dividida dos juízes - Leandro Bernardes/Framephoto
O resultado do combate foi contestado por grande parte dos fãs - Leandro Bernardes/Framephoto
Jhenny Andrade esteve presente em mais um evento do UFC no Brasil - Leandro Bernardes/Framephoto
Marcelo Golm finalizou Christian Colombono primeiro round - Leandro Bernardes/Framephoto
Essa foi a estreia do brasileiro no UFC - Leandro Bernardes/Framephoto

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *