Aos 15 anos, filho de Ryan Gracie conquista mundial de jiu-jitsu

Carregar o nome Gracie nas costas não deve ser nada fácil. Ser filho de Ryan Gracie – campeão pan-americano e brasileiro de jiu-jitsu – deve ser menos ainda. Mas, até agora, Rayron Gracie, primogênito do falecido atleta, vem fazendo jus ao seu sobrenome. No último fim de semana, o jovem de apenas 15 anos de idade se consagrou campeão mundial de BJJ na faixa azul e recebeu os parabéns de seu tio, Renzo Gracie.

Através de sua conta no Instagram, Renzo publicou um vídeo onde Rayron aparece com a medalha de ouro no peito e, feliz da vida, canta um ‘rap’ aparentemente inventado por ele mesmo. Na legenda, o faixa-preta parabenizou o sobrinho.

“Parabéns pelo seu primeiro campeonato mundial, muitos ainda virão fera, pois lutar é o que nós fazemos de melhor. Um beijo grande nesse coração enorme de campeão… Seu tio é seu fã para sempre… Mas mesmo assim vou te dar muito coro ainda”, escreveu Renzo.

Assista abaixo (ou cliquei aqui) o vídeo publicado por Renzo no Instagram.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em

Renzo Gracie já foi finalizado pelo japonês no MMA há 14 anos - Erik Engelhart
Esta não foi a primeira vez que Renzo criou ou se envolveu em uma polêmica. Em junho de 2002, o carioca foi superado pelo japonês Shungo Oyama no Pride 22, que adotou um estilo tático para anular as habilidades do Gracie. Frustrado, o lutador brasileiro cuspiu no rival durante o combate, gerando revolta na equipe adversária
Em novembro do ano seguinte, Renzo foi corner de seu aluno Ricardo ‘Cachorrão’, que enfrentava Nate Marquardt no evento Pancrase. O brasileiro venceu mas teria demorado para soltar o golpe, o que provocou revolta de Marquardt, que voltou a golpeá-lo. Sem pensar duas vezes, Renzo entrou no ringue e chutou o rosto do americano, precisando ser segurado pelos seguranças do torneio
Ben Spkijers foi outro que se viu envolto a uma polêmica criada por Renzo Gracie. Ainda em 1995, quando fazia sua segunda luta profissional apenas, o membro do maior clã de lutadores do mundo finalizou o rival em pouco mais de dois minutos. Mas, para a surpresa de todos, pisou na cabeça de Spkijers enquanto ele estava deitado, logo após o término da luta. Advertido pelo árbitro, Renzo voltou ao torneio e venceu mais dois adversários naquela noite
Irmão mais novo de Renzo, Ryan Gracie colecionou polêmicas fora dos ringues. Entre elas, as constantes brigas que protagonizou nas ruas, campeonatos de jiu-jitsu e até mesmo em restaurante o tornou famoso entre os fãs de brasileiros antes mesmo de sua estreia profissional. Entre essas confusões, Ryan colecionou dois grandes rivais fora dos ringues; Jorge ‘Patino’ e Wallid Ismail
Em sua última confusão, em dezembro de 2007, Ryan furtou um carro e, posteriormente, uma moto pelas ruas de São Paulo. Preso, o lutador apresentou sintomas de surto causado pelo uso de drogas e foi medicado de forma errada e excessiva pelo psiquiatra que o atendeu. No dia seguinte, o Gracie foi encontrado morto a delegacia e, anos mais tarde, o médico acabou condenado por sua morte
Principal responsável pela criação do Gracie Jiu-Jitsu, Helio foi o maior soldado da família - Reprodução
Em agosto de 2000, quando ainda era um faixa-azul, Roger Gracie detido ao lado de três amigos por ter agredido com tiros de balas de borracha e de paintball três travestis na cidade do Rio de Janeiro. Na época, o jovem de apenas 19 anos acabou não cumprindo pena
Em maio de 2012, Rickson Gracie, apontado como o maior nome da história da família dentro dos tatames e ringues, foi flagrado por uma blitz da Operação Lei Seca no Rio de Janeiro e só pôde ser liberado quando um amigo compareceu ao local para guiar o carro do atleta. Como se recusou a fazer o teste do bafômetro, Rickson teve sua carteira de habilitação apreendida
Em dezembro de 2000, Rockson, primogênito de Rickson, foi encontrado morto em um hotel de Nova York e enterrado como indigente. Apenas dois meses após é que seu corpo foi reconhecido. Em seu sangue foi encontrada uma mistura de drogas e remédios que teriam causado sua morte

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *